março 5, 2021

Influenciadores internos além da liderança: entenda como eles mudam o clima organizacional

Por Dialog - Time de Conteúdo| 5 minutos

Os influenciadores digitais ganharam força nos últimos anos, graças ao crescimento do uso da internet. Mas você já parou para pensar que existem profissionais com os mesmos perfis no ambiente de trabalho? São os chamados influenciadores internos – ou influenciadores da cultura organizacional, em algumas empresas.

Esses colaboradores impactam diretamente no clima organizacional da empresa, justamente pelo poder de influência que possuem sobre seus colegas. Por esse motivo, você precisa saber quem são esses influenciadores e como incorporá-los à sua estratégia de Comunicação Interna o quanto antes.

Nesse artigo, falaremos como encontrar os influenciadores da cultura organizacional, quais são suas características, o que fazer depois de mapeá-los e o que esperar do trabalho.

Influenciadores internos não são apenas os líderes

Quem pensa que só a liderança pode influenciar os grupos de trabalho está terrivelmente enganado. Em 2014, a consultoria McKinsey já apontava que os padrões do influenciador quase nunca seguiam o organograma. Colaboradores de vários níveis da hierarquia podem influenciar positiva e negativamente seus pares.

Isso acontece porque o poder de influência no ambiente corporativo é ligado diretamente às relações entre as pessoas. Quando alguém carismático e influente fala, é natural que outros ouçam. Se o colaborador é respeitado e confiável, suas palavras e ações tornam-se poderosas.

Essa influência pode, inclusive, não ficar restrita ao departamento do funcionário. Se o influenciador interno consegue transitar em outras áreas e construir pontes com essas pessoas, sua zona de impacto aumenta.

De acordo com o estudo realizado pela IC Kollectif em 2017, colaboradores valorizam mais quando conversam com pessoas “como elas” do que com a liderança.

Por isso, é importante identificar quem são esses influenciadores para contar com eles como aliados em ações que visam o engajamento e um clima organizacional positivo.

Como encontrar influenciadores internos?

A porcentagem de influenciadores em uma organização pode ser pequena, mas não deve ser subestimada. Ainda segundo o estudo da IC Kollectif, 3% do quadro de colaboradores se enquadram nessa categoria e podem ajudar a atingir 85% do quadro total de funcionários.

Alguns são fáceis de identificar, pois se destacam entre seus pares, mas existem também os influenciadores mais discretos. Para auxiliar as organizações, uma ótima opção é investir no uso da rede social corporativa, que propõe uma dinâmica diferente entre os colaboradores.

Por meio das postagens, é possível identificar padrões com métricas (quem são os usuários com posts que renderam mais engajamento?) e qual a zona de influência dessas pessoas (colegas da mesma área ou de outras também?).

Com a adoção do trabalho remoto por muitas empresas, esse tipo de canal ajuda a trabalhar o sentimento de pertencimento enquanto chega aos colaboradores, independentemente de onde estejam.

Segundo a Ragan Communications, as características dos influenciadores internos passam por:

  • Ser queridos pelos colegas;
  • Ter ampla rede de contatos;
  • Alcançar boa comunicação;
  • Entender a missão, visão e valores da organização;
  • Estar otimistas com seu trabalho e ansiosos para ajudar os outros.

O que fazer com os influenciadores internos?

Depois de identificar quem são essas pessoas, é necessário enxergar o potencial além do trabalho individual que desempenham regularmente, mas como um valioso canal de comunicação.

Esses colaboradores têm o poder único de tornar informações virais por meio de relações humanas, algo que nenhum outro tipo de canal pode fazer. Então, tê-los como aliados com certeza soa interessante para a estratégia de negócio, não é?

O segredo de um bom trabalho com influenciadores internos é mostrar a importância desse papel para a companhia como um todo sem transformar em uma atividade extra para o colaborador.

Por exemplo, se a empresa pretende inaugurar um novo local para descanso e relaxamento dos funcionários nos horários de refeição e/ou intervalos, levar os influenciadores internos para conhecerem em primeira mão pode ser uma boa alternativa para “espalhar a palavra” no boca a boca e também em canais digitais. 

Já imaginou um vídeo apresentando o espaço ou uma galeria de fotos com depoimento de quem entende na prática a utilidade do local? As chances de alcançar mais colaboradores é grande.

Essa “ajudinha”, que de “inha” não tem nada, pode ser usada em assuntos estratégicos, já que os demais colaboradores confiam nessas pessoas. Então, é papel da empresa redobrar a atenção para se certificar de que a informação propagada por esse grupo é correta e seja o que a companhia quer falar.

O Dialog é uma rede social corporativa que pode ajudar a sua empresa a encontrar os influenciadores internos e trabalhar junto com eles para garantir o engajamento dos colaboradores e um clima organizacional saudável e único.

Quer saber mais sobre influenciadores internos ou quer compartilhar alguma vivência? Deixe registrado nos comentários 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami