julho 14, 2022

Além do óbvio: 6 áreas de atuação para o profissional de Comunicação Interna

Por Dialog - Time de Conteúdo| 4 minutos
Além do óbvio 6 áreas de atuação para o profissional de Comunicação Interna

O profissional de Comunicação Interna, assim como a área, vem alçando voos cada vez mais altos dentro das organizações. Entretanto, a importância e o potencial da pessoa comunicadora ainda não foram reconhecidos por muitas empresas ou até mesmo pelos próprios colaboradores de CI.

Isso porque a área, que sempre foi encarada como “suporte”, e o profissional tratado como “patinho feio”, como já vimos por aqui. Esse estigma afetou o desenvolvimento desse colaborador e até mesmo sua visão sobre a importância do próprio trabalho.

Com as mudanças dos últimos anos, empoderar pessoas comunicadoras nas empresas se mostrou algo importante tanto para os próprios profissionais quanto para as organizações. Notamos assim o crescimento de estudos sobre a área de Comunicação Interna.

Neste artigo, focaremos em um especificamente: “Mapa da Profissão de Comunicação Interna: uma adaptação brasileira”, feito pela Aberje e IoC (Institute of Internal Communication). O estudo, lançado em abril de 2022, mostra com detalhes habilidades e competências que esse profissional precisa ter para avançar na carreira.

Nós, do Blog Dialog, preparamos duas dicas especiais para o desenvolvimento de comunicadores internos no fim deste artigo. Confere aí! 😉

O mundo da Comunicação Interna

Enquanto muitos têm uma visão retrógrada e pequena de CI, o mapa desenvolvido pela Aberje e IoC mostram a imensidão do mundo disponível na área. O estudo identificou seis áreas de atuação para o profissional de Comunicação Interna.

1 – Narrativas e diálogo

Impulsionar e facilitar narrativas organizacionais que humanizam as relações, o diálogo e a experiência organizacional por meio da criação de espaços para diálogos humanizados, transformadores e significativos, dentre os diversos protagonistas e agentes de comunicação interna presentes no contexto organizacional (líderes formais e informais, comunidades, influenciadores, rede, entre outros) que contribuam para mobilizar e incentivar o agir das pessoas.

2 – Planejamento estratégico

Abrange o desenvolvimento e implementação de estratégias e planos de comunicação interna embasados por diagnósticos e mensurações consistentes, com foco na empresa, nas pessoas e na humanização das narrativas organizacionais, contribuindo para o alcance de resultados e a geração de impacto positivo.

3 – Influência e aconselhamento

A partir da identificação dos interesses de diferentes partes, o profissional aconselha, influencia e articula posicionamentos por meio do diálogo e da negociação a fim de contribuir para o encaminhamento de decisões e processos comunicacionais alinhados aos interesses organizacionais e às necessidades/expectativas dos colaboradores.

4 – Gestão de canais, conteúdos e campanhas

Busca a combinação de canais variados, desde presenciais (fóruns, eventos e afins), impressos e digitais para apoiar as necessidades da empresa e das pessoas. Estimula e exercita a competência da curadoria a fim de buscar priorização e relevância do que será comunicado, bem como de mensagens-chave e tom de voz alinhados ao diálogo organizacional.

5 – Pesquisa, mensuração e impacto

Definir e acompanhar indicadores e retroalimentar os planos estratégicos e táticos de Comunicação Interna, contribuindo para o resultado e tomada de decisão organizacional.

6 – Evolução organizacional

Contribuir ativamente para a transformação organizacional em contextos de crise, instabilidade, mudança e transformação cultural.

Você pode se interessar:

Habilidades profissionais

Já mencionamos algumas das habilidades técnicas e comportamentais necessárias para o profissional de Comunicação Interna, mas o estudo da Aberje e IoC se debruça sobre o tema e aponta 13 skills:

  • Adaptabilidade
  • Empatia
  • Escuta ativa
  • Curiosidade
  • Criatividade
  • Relações dialógicas e plurais
  • Desafia o status quo
  • Influência consultiva
  • Relações de confiança
  • Equilíbrio emocional
  • Colaboração e prontidão
  • Diplomacia
  • Visão (do todo, estratégica e transversal)

PS: Conheça recursos indispensáveis para o profissional de Comunicação Interna. Com o Dialog você agenda conteúdos, segmenta comunicados em poucos passos, analisa rapidamente os resultados e muito mais. Tudo em um único lugar! Fale com representantes Dialog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top