outubro 20, 2020

Por que empoderar funcionários é tão importante?

Por Dialog - Time de Conteúdo| 6 minutos

Empoderar funcionários significa conferir autoridade aos colaboradores, de forma que eles se sintam capazes de tomar decisões sobre o seu trabalho, por exemplo. Isso faz parte da importante da employee experience na empresa.

No artigo de hoje, falamos sobre porque a sua empresa deveria apostar em ações de empoderamento dos funcionários como uma medida para acelerar a produtividade e melhorar o relacionamento com os clientes. Confira!

As desvantagens de não empoderar seus funcionários

Quando a empresa não se dedica a empoderar funcionários, o que acontece é uma dependência exacerbada das equipes com os seus líderes. 

Esse cenário não apenas sobrecarrega as lideranças com decisões muito corriqueiras e de menor importância, como também causa uma insegurança por parte dos colaboradores em relação às suas tarefas.

E, é claro, até que as lideranças possam dedicar tempo a cada um desses assuntos, os funcionários ficam de mãos atadas, com diversos projetos parados enquanto os próximos passos são decididos.

Já pela perspectiva do cliente, isso também é uma perda. Afinal, ele poderia ter o seu problema resolvido de maneira eficiente e rápida pelo empregado que o atendeu e, ao contrário, está na dependência de uma aprovação do gestor. Ou seja, não é a melhor tática para uma boa experiência do consumidor.

Porém, para contornar essas questões, não basta dizer que a partir de agora o empregado pode tomar suas próprias decisões. Ele precisa ter também as ferramentas e recursos necessários para isso, garantindo que ele aja de maneira alinhada às políticas da empresa e de forma confiante. 

Uma vez que isso é trabalhado, as lideranças podem se ater aos assuntos mais importantes com a tranquilidade de que não precisam supervisionar cada atitude tomada pelas suas equipes.

Como promover o empoderamento de funcionários?

A maneira mais simples de tornar os seus funcionários mais empoderados é através do job enrichment, um termo em inglês que prevê um aprofundamento das responsabilidades do empregado.

Geralmente, o que acontece nas empresas é que os funcionários abarcam funções horizontais às que já realiza, ganhando novas tarefas, porém todas exigem o mesmo nível de autonomia e responsabilidade que o seu cargo já oferecia.

Com o job enrichment, a ideia é que ele assuma tarefas verticalmente mais relevantes na hierarquia da empresa, sendo capaz de representar a si e à sua equipe em reuniões importantes e em momentos de interação com outros cargos de liderança, por exemplo. 

Estratégias para empoderar funcionários

O exemplo mais clássico de job enrichment é permitir que os funcionários tomem as suas próprias decisões, uma vez que eles foram contratados por serem especialistas nos cargos que ocupam. Isso geralmente é feito quando é possível sentir que o colaborador em questão está pronto para ou tem interesse em assumir essa posição mais independente.

Porém, como já falamos aqui, as empresas precisam ajudá-los a desenvolver as habilidades profissionais ou pessoais que precisarem para conseguirem agir com assertividade.

Precisam também construir nos funcionários a consciência de que assumir as novas responsabilidades é uma oportunidade de desenvolvimento profissional.

E, é claro, existem outras maneiras de trabalhar essa sensação de autonomia. Uma dessas maneiras é por meio da liberdade na gestão do dinheiro da empresa. A gigante do entretenimento Netflix, por exemplo, permite que os seus funcionários decidam quando precisam gastar verbas com viagens, com novos equipamentos ou outras necessidades.

Outra forma de empoderar os funcionários é dando liberdade para que eles façam a gestão do seu tempo. Isso quer dizer definir quando irão entregar seus projetos, em quais horários irão trabalhar, se estarão no escritório ou em home-office e até mesmo quanto tempo de férias querem ter. 

Parece estranho? Sim, isso ainda é uma realidade distante para muitas empresas de grande porte, mas essas políticas partem do princípio que, se o colaborador foi contratado é porque ele é confiável. E, caso isso não se confirme, a saída mais lógica é desligar quem não está totalmente alinhado à maneira de trabalhar da empresa.

Deixar os funcionários a par das estratégias que podem mudar o posicionamento de mercado ou o rumo da empresa para o ano seguinte, por exemplo, também são formas importantes de empoderar o colaborador. Afinal, ele sente que está incluído nos principais debates sobre o futuro da companhia e do seu próprio trabalho, especialmente se puder opinar sobre o assunto.

Como se preparar para os reveses dessa política?

Erros acontecem. Eles acontecem em todos os contextos e não seria diferente de quando estamos lidando com funcionários que assumiram as rédeas do próprio trabalho. Por isso, a organização precisa ter uma forma saudável de lidar com eles.

O fato é que quando um funcionário se sente apoiado pela empresa e pelos seus superiores, ele não precisa temer o erro ou tentar escondê-lo. Nesse momento, é importante ter uma postura positiva e incentivar o funcionário a aprender com os seus erros, de forma a poder melhorar a sua performance em uma próxima oportunidade.

O feedback sobre o trabalho do funcionário também é um elemento importante para lidar com possíveis erros. Deixando claro quais foram os seus pontos fortes e onde existem oportunidades de melhorias, o colaborador sabe exatamente o que precisa trabalhar na sua postura, ao invés de tentar adivinhar como se portar no futuro.

Não se engane: para empoderar o seu funcionário, toda a empresa precisará mudar. Será necessário desenvolver uma estrutura de poder mais descentralizada e mais, distante da mentalidade de decisões no sentido top-down. Porém, essa é uma medida que traz ganhos reais para a companhia, que passa a contar com funcionários mais motivados e compromissados.

Se interessou por este assunto? Continue a ler sobre como engajar os colaboradores verdadeiramente com a cultura organizacional no nosso artigo sobre Employee Experience ou, ainda, acompanhe outros assuntos sobre Recursos Humanos e Comunicação Interna no nosso Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami