novembro 3, 2020

Como manter os indicadores de Comunicação Interna em alta?

Por Dialog - Time de Conteúdo| 5 minutos

Já te mostramos a importância de analisar os indicadores de Comunicação Interna para garantir a qualidade do fluxo de informações na sua organização. Agora, queremos que descubra o que é necessário para mantê-los em alta.

Os números não mentem: pesquisas do MIT (Massachusetts Institute of Technology) indicam que as empresas que oferecem as melhores experiências para os seus funcionários têm 25% a mais de lucros do que as demais. E, é claro, os esforços de Comunicação Interna são vitais para construir essa experiência.

Isso quer dizer que você vai precisar monitorar o relacionamento dos funcionários com a empresa de perto, por meio dos indicadores de Comunicação Interna. E quer dizer também que você irá se deparar com o desafio de mantê-los sempre positivos. 

Como? É sobre isso que conversamos no artigo de hoje. Olha só!

Como manter os indicadores de Comunicação Interna em alta?

É claro que quando o assunto é manter o desempenho dos seus indicadores de CI, não existe uma receita de bolo. O que afeta as suas métricas é uma condição única da sua empresa e cada companhia tem uma cultura organizacional própria, que permite lidar com essas situações de formas também individuais.

Porém, existem algumas atitudes que podem ser tomadas para evitar variações sensíveis nos indicadores. Aqui estão algumas delas.

Esteja em vigilância constante das suas métricas

A melhor forma de não se surpreender com uma queda é não permitir que ela seja abrupta, certo? Por isso, não adianta medir os indicadores de CI apenas após a realização de uma nova campanha.

É preciso estar atento às movimentações dos números durante todo o ano para identificar tendências quando elas estiverem surgindo.

Aja com prontidão

Identificado um padrão ou problema se formando, a única forma de não deixar que ele se agrave é agindo na hora! Analise o cenário para saber que medidas tomar e trace a sua estratégia para reverter o quadro.

Seja constante

Manter o funcionário engajado com a cultura empresarial ou se sentindo valorizado não é algo que vai acontecer com apenas uma ou duas ações. Se a empresa quer, por exemplo garantir que os colaboradores continuem seguindo processos para reduzir os acidentes de trabalho, é preciso ter uma comunicação constante dessas prioridades.

As campanhas de Comunicação Interna constantes também ajudam a aprofundar o conhecimento sobre os seus colaboradores, entendendo seus hábitos, o que funciona para o seu engajamento, quais são seus pontos de dor e o que enxergam como valores na empresa.

Coloque o funcionário no centro das decisões

O capital humano é a maior força-motriz que uma empresa pode ter. Por isso, a melhor forma para manter a empresa funcionando a todo vapor e com bons resultados é tendo um time satisfeito, motivado e que se sente valorizado.

Para isso, não bastam as campanhas temporárias: todas as decisões da empresa precisam pensar em empoderar esses funcionários, em oferecer a eles uma boa qualidade de vida no trabalho e em como as decisões tomadas irão afetá-los. 

Como recuperar indicadores de CI em queda

Não se desespere se algumas das suas métricas de Comunicação Interna estiverem em tendência de queda. Existem diversas formas de reverter um problema como esse na sua empresa, desde que você tenha as informações necessárias para saber como agir.

Para te ajudar nessa missão, aqui vai um rápido passo a passo sobre como lidar com a queda nos seus indicadores de CI.

Analise o contexto da queda

Antes de se preocupar e tomar decisões precipitadas, é importante analisar o número. Esse indicador em queda é uma reação que está acontecendo de forma generalizada pela empresa ou é algo mais localizado?

Às vezes, um departamento que esteja passando por um problema específico pode apresentar um desempenho abaixo do esperado e acabar puxando o valor do seu indicador de Comunicação Interna para baixo, causando uma falsa impressão de que é preciso agir em toda a companhia para recuperar esse ponto.

Por isso, antes de se perguntar como agir, entenda onde agir.

Aprofunde-se na raiz do problema

Agora que você já sabe o que puxou o desempenho do seu indicador de CI para baixo, a pergunta não é mais “qual?” e sim “por quê?”. Chegou o momento de tentar entender o que está acontecendo com esses colaboradores.

Se foi detectado que alguns funcionários estão desmotivados ou improdutivos (o que geralmente vem em conjunto), por exemplo, é importante compreender por que eles estão se sentindo dessa forma ou se comportando assim. Dessa forma, você conseguirá pensar em uma solução que funcione diretamente na causa do mau desempenho, ao invés de oferecer um paliativo para a consequência que ele gerou.

Tenha um olhar empático

Já falamos sobre isso aqui em um artigo sobre como engajar os funcionários com Employee Experience, mas é importante relembrar: é preciso tratar os funcionários como indivíduos e não como um contingente de pessoas iguais.

Se algum funcionário está apresentando, por exemplo, uma queda no rendimento por conta de um problema de saúde na família, não há a necessidade de uma ação que afete toda a equipe. A situação pode ser discutida individualmente, com o devido cuidado.

Assim, o colaborador irá se sentir cuidado e apreciado enquanto profissional, desenvolvendo uma sensação mais profunda de pertencimento e uma gratidão para com a empresa.

Esperamos que nossas dicas possam te ajudar a garantir a saúde dos indicadores de Comunicação Interna da sua organização! Quer aprender mais sobre essa área? Então, leia nosso artigo sobre sobre maneiras de manter a comunicação clara com equipes trabalhando remotamente. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami