abril 12, 2021

Híbrido, remoto ou presencial: modelo de trabalho impacta bem-estar e produtividade do colaborador

Por Dialog - Time de Conteúdo| 3 minutos

Pouco depois da marca de um ano do início da pandemia, as mudanças dos modelos e ambientes de trabalho são claras. Muitas empresas declararam que não voltam para o modelo presencial, já outras adotaram um modelo híbrido. Por força da natureza do negócio, há quem permanecerá no presencial. 

Mas você sabe quais são as diferenças e particularidades de cada um desses modelos quando falamos da relação entre empresa, colaborador e sociedade? 

Segundo a Deloitte, existe muita pesquisa a ser feita sobre os efeitos a longo prazo no bem-estar e produtividade dos colaboradores, mas os ambientes de trabalho estão mudados permanentemente e carregam características distintas e que exigem atenção dos profissionais de RH e Comunicação Interna.

Entenda mais, a seguir.

Modelo de trabalho X bem-estar e produtividade do colaborador

Como falamos no começo deste artigo, existem três modelos de trabalho: presencial, remoto e híbrido. A estrutura do tipo de ambiente depende da realidade de cada organização e o próprio trabalho a ser feito.

Entra nesse momento o RH, que deve trabalhar junto à liderança para definir qual a melhor alternativa levando em consideração o colaborador e a estratégia da companhia.

Conheça o que cada modelo oferece ou pode impactar.

De olho no futuro!

É inegável que, para muitas organizações, o trabalho feito de forma virtual veio para ficar, seja parcial ou completamente. Quando falamos do modelo híbrido, as empresas já contam atualmente com mais insumos e conhecimentos para fazer essa migração.

A Deloitte aponta quatro passos para começar a gerenciar a arquitetura de trabalho nesse modelo:

  1. Defina sua estratégia para o futuro do trabalho. Determine a combinação correta de trabalho, ambiente e profissionais essenciais para seu sucesso.
  2. Envolva os colaboradores. Comunique-se com eles e aproveite essa perspectiva única enquanto estão mais próximos do trabalho para então desenvolver habilidades e investir nos profissionais no futuro.
  3. Adapte seus locais de trabalho híbridos com programas e políticas, incluindo abordagens de bem-estar e saúde e segurança do colaborador.
  4. Invista no ambiente de trabalho. Considere onde a automação e as tecnologias podem ajudar a aumentar a flexibilidade do local para segmentos do seu quadro de colaboradores.

Por meio de uma rede social corporativa e hub de serviços de RH, o Dialog oferece um ambiente de integração que, independentemente do tipo de trabalho escolhido por sua empresa, ajudará no engajamento, comunicação, construção e reforço de pontes entre colaboradores.

Se você gostou desse conteúdo, deixe seu comentário! Siga acompanhando o Blog Dialog para saber mais sobre o futuro dos negócios pelos olhos de RH, CI e inovação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top
Close Bitnami banner
Bitnami