setembro 14, 2022

Comunicação Interna é protagonista da experiência do colaborador na Livelo

Por Dialog - Time de Conteúdo| 5 minutos
Comunicação Interna é protagonista da experiência do colaborador na Livelo

A Comunicação Interna pode ser uma grande aliada no fortalecimento da cultura organizacional, do engajamento e, consequentemente, da experiência do colaborador. Felizmente, esse potencial vem sendo reconhecido por muitas empresas nos últimos tempos.

Prova disso é a Livelo, uma das principais empresas de recompensas do Brasil. Gerente de Desenvolvimento Organizacional e Comunicação Interna na Livelo, Vanessa Salles contou sobre a trajetória que deu protagonismo à CI e impulsionou o eNPS e o índice de confiança.

Esse conteúdo foi apresentado em evento promovido pela Dialog, em agosto de 2022. Você pode assistir a fala da profissional na íntegra clicando no player abaixo.

O poder da Comunicação Interna na Livelo

A visão macro da estratégia da Livelo passou a contar com a Comunicação Interna e cultura organizacional andando juntas.

“Eu não vejo a área de Desenvolvimento Organizacional e a área de cultura desenvolvendo projetos e iniciativas relevantes para o negócio sem ter uma área de Comunicação Interna forte e estratégica atuando ali, olhando para quais são os desafios da cultura, quais são os desafios do negócio”, afirma Vanessa. 

E por que a Comunicação Interna precisa ser forte? Segundo ela, para respaldar a cultura e estratégia do negócio e desenhar uma excelente experiência. 

Salles vai além ao lembrar que falar de cultura organizacional não é simplesmente colocar um quadro com a missão, visão e valores na parede ou enviar essas informações por e-mail. É preciso vivenciá-la no cotidiano da empresa e isso só é possível com a experiência.

“A Comunicação Interna e a cultura organizacional andam lado a lado. Elas geram vantagem competitiva para o negócio, elas impulsionam a estratégia e a entrega de resultados. Se eu não comunico de forma clara e efetiva onde eu quero chegar e como eu vou fazer para chegar lá, a gente não tem engajamento”.

CI como protagonista da experiência do colaborador

A gerente da Livelo conta que a cultura organizacional começou a ser “desenhada a várias mãos” em 2018 por uma equipe multidisciplinar e de vários níveis hierárquicos. “Em 2018, quando eu chego na Livelo, recebo como principal desafio a comunicação e a sustentação dessa cultura. Então começamos a pensar na jornada dessa comunicação, dessa experiência de comunicação”.

Vanessa entendeu que para contar sobre essa cultura, mandar um simples comunicado ou colocar um quadro na parede não seria suficiente. Ela conta que experiências foram desenhadas para que colaboradores vivenciassem a cultura de fato e, além disso, criaram um plano de comunicação que a sustentasse.

Dessa forma, a empresa entendeu que a Comunicação Interna deveria assumir o papel de protagonista na experiência do colaborador e, consequentemente, na marca empregadora.

“Não é um comunicado, Comunicação Interna está presente em tudo: é na experiência, é na construção do EVP (proposta de valor do funcionário). Se o EVP for construído sem uma cultura forte, a gente comunica o que? Pra quê? Qual é o valor que a gente gera para o negócio? Qual é o valor que a gente gera para o colaborador?”, questiona.

VC em Cada Ponto

Para esse movimento, a Livelo passou por um processo de revisão de canais de Comunicação Interna e surgiu assim o app “VC em Cada Ponto”: “A Dialog chega como parceira da Livelo para sustentar essa transformação cultural e a gente olha para essa comunicação como um desenho constante de experiência”.

Ainda sobre o aplicativo, Vanessa cita que a solução permite:

  • Publicar informações relevantes sobre estratégia, cultura e negócio;
  • Dá autonomia para as áreas criarem personas e postarem sobre seu trabalho;
  • Interação entre colaboradores.

O aplicativo registrou 90% de adesão em apenas duas horas de lançamento. Leia o case!

Ela comenta que a parceria entre Dialog e Livelo se estreitou com a pandemia e que o aplicativo virou um “corredor digital” e está ainda mais presente no cotidiano dos colaboradores.

Como resultados da estratégia de tornar a Comunicação Interna aliada e propulsora da cultura organizacional e protagonista da experiência do colaborador, a profissional destaca melhoras significativas em indicadores:

  1. Crescimento do índice de confiança de 83 para 91, em dois anos, na pesquisa de clima organizacional;
  2. Evolução dos atributos culturais: aumento de 13 pontos, em 2020, e de 11 pontos, em 2021;
  3. Progresso do eNPS: de 61 (2020) para 78 (2022).

“Eu sou muito feliz em fazer parte desse processo na Livelo: de trazer a área de Comunicação Interna não como algo operacional, que faz comunicados e entrega brindes. A gente também faz isso, mas atrelado a um EVP, amarrado a uma estratégia de pessoas”, finaliza.

 

Fale com representantes Dialog para conhecer mais a fundo os recursos e entenda como melhorar o nível de engajamento do colaborador.

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top