Comunicação com colaboradores no contexto do trabalho híbrido

por | 07/11/2022 | Comfoco Endomarketing, Comunicação Interna, Parceiros

Fazer uma comunicação próxima, humana e engajadora com as equipes nas organizações, dentro do modelo de trabalho híbrido ou remoto, é algo que vem sendo um ponto de atenção por parte dos integrantes da gestão nas empresas.

Trabalhar com equipes a distância tornou-se um desafio 

O mundo pós-pandemia é outro, não podemos negar. Hoje, temos um novo modelo de trabalho em que colaboradores podem optar por atuar remotamente e ou em formato híbrido. Dentro dessa realidade, nos perguntamos: como garantir uma cultura viva nas organizações e permitir que as pessoas compreendam os norteadores estratégicos? Os comportamentos esperados podem ser um tema trabalhado a distância, de forma a evidenciar como isso funciona na prática? Como podemos garantir que todos se sintam informados sobre o que é estratégico e relevante e compreendam seu papel nesse contexto? 

O objetivo deste artigo é falar um pouco desses desafios, mas apresentando alguns caminhos que podem apoiar as soluções para esse novo modelo de trabalho. 

Principais diferenças entre trabalhar a distância ou na empresa 

O local de trabalho, tanto em casa quanto no escritório, oferece vantagens e desvantagens.  Em casa temos algumas facilidades, como acesso às pessoas mais próximas, ausência de longas horas de deslocamento no trânsito e muito mais. Ao mesmo tempo, o profissional fica distante e pouco integrado aos colegas de equipe. A melhor opção é conseguirmos aproveitar o melhor de cada modelo, aproveitando as vantagens de estar em grupo e também no home office.

Rituais de aproximação 

Para podermos manter as pessoas sentindo-se próximas, pertencentes e integradas com a cultura da organização onde atuam, é importante estabelecer alguns rituais. Esses rituais devem ser organizados pelas lideranças e combinados com suas equipes. Isso garante que os temas importantes estejam presentes em diversos momentos. 

Ritual reunião

Toda a liderança deveria fazer ao menos uma reunião mensal com todo o seu time, seja ela presencial ou on-line. Isso comprovadamente garante um maior engajamento e envolvimento dos colaboradores em temas relevantes para a organização. Se o gestor tem uma equipe muito grande, agendar um dia e fazer esse bate-papo em grupos menores é a solução. Nessa reunião, é importante perguntar como todos estão, pois a falta do olho no olho e da presença física pode criar um distanciamento relacional. 

Nesse momento, também é significativo perguntar se alguém tem alguma questão para trazer sobre o trabalho ou outro assunto de interesse de todos, assim os colaboradores sentem-se ouvidos. Realizar atividades quebra-gelo ou dinâmicas de grupo também são favoráveis para manter a equipe unida e integrada. Ao longo de cada reunião é recomendável que sempre se conecte o trabalho do time com a estratégia, a missão, os valores e os comportamentos esperados pela organização. Assim, é possível manter viva a cultura organizacional.

Comunicação com colaboradores no contexto do trabalho híbrido

Ritual cuidado individual

Separar de duas a quatro horas por semana para conversas com os profissionais é algo que costuma gerar muitos resultados positivos. Por isso, é fundamental que as lideranças tenham a preocupação em estabelecer conversas individuais com integrantes de sua equipe. Esses momentos servem para perguntar como cada um está em sua vida, no trabalho ou no particular. Saber sobre a família, em relação ao bem-estar e à saúde do colaborador, é uma atitude que demonstra cuidado e atenção.  Isso gera uma relação de confiança e proximidade entre o líder e seu liderado, demonstrando que as pessoas e o lado humano são pontos importantes dentro da organização. 

Muitas empresas, na correria da pandemia e suas limitações, esqueceram de conversar com as pessoas de forma a ser “gente como a gente”. E certamente isso também contribuiu para altos índices de estresse e burnout que, a cada ano, vêm em ondas crescentes. Segundo dados divulgados pela Somos Unit, hoje, aproximadamente 32% dos trabalhadores brasileiros sofrem com essa síndrome, o equivalente a cerca de 33 milhões de pessoas.

Ritual reconhecimento

Diversas pesquisas apontaram que os níveis de produtividade das empresas aumentaram e muito, tanto na pandemia quanto no pós-pandemia. Mas será que os gestores estão reconhecendo essa entrega e possibilitando que essas pessoas se sintam reconhecidas? 

Algumas questões são postas à mesa e precisam da reflexão de quem cuida das pessoas nas organizações. O reconhecimento individual é algo importante no processo de motivação e engajamento do colaborador. Comemorar resultados, deixar pequenos recados de agradecimento e parabenizar pelas pequenas entregas fazem toda a diferença no dia a dia daqueles que dedicam o seu tempo e dão o seu melhor para alcançar metas e objetivos da empresa.

Pontos de atenção ao acessar os colaboradores da empresa:

A distância não precisa mais ser impeditivo para a integração    

Como vimos ao longo deste texto, existem rituais que podem ser estabelecidos para que as empresas continuem estreitando os seus laços com os colaboradores e mantendo viva a cultura e o jeito de ser da organização. E alguns aspectos descritos aqui deveriam ter uma atenção maior, tanto da área de Recursos Humanos quanto das equipes de Comunicação Interna e Endomarketing, somado ao papel das lideranças. 

O pós-pandemia veio com muitas novidades e várias delas vantajosas para ambos os atores – empresa e colaborador –, como a organização do tempo, o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, o conforto da tecnologia e muito mais. Mas também é preciso lembrar que, junto a tudo isso, inevitavelmente, também veio o distanciamento, que pode ser minimizado (e muito!) por estratégias que tenham foco na comunicação com as pessoas. 

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas novidades
no seu e-mail