janeiro 4, 2022

5 dicas para engajar times remotos

Por Dialog - Time de Conteúdo| 4 minutos
5 dicas para engajar times remotos

Com o avanço da vacinação e a diminuição de restrições, o panorama do “pós-pandemia” fica cada vez mais claro. Os modelos de trabalho remoto e híbrido ganharam força e mostraram que vieram para ficar. E pensando nesse cenário (de forma parcial ou integral), vem sempre a pergunta: como engajar times remotos?

De acordo com a Gartner, no final de 2021, pessoas que trabalham no modelo remoto representaram 32% de todos os funcionários em todo o mundo, um número significativo que mostra o quão relevante é falar sobre o engajamento fora do padrão tradicional, dentro de um escritório.

Neste artigo, compartilhamos algumas boas práticas para ajudar sua empresa nessa missão, confira!

1) Alinhamento é tudo!

Esse conselho é válido para qualquer modelo de trabalho, mas ainda mais importante no remoto. Isso porque o alinhamento entre os membros de uma equipe é essencial para que todos entendam quais são suas responsabilidades. Para isso, existem várias opções, como criação de grupos ou o uso de chat interno em rede social corporativa, por exemplo.

Com o distanciamento físico, a falta de alinhamento pode causar grandes problemas na produtividade e resultados dos colaboradores, afetando assim seu engajamento.

2) Defina objetivos

Ainda falando sobre alinhamento, um fator essencial para trabalhar o engajamento dos colaboradores é falar sobre os objetivos. Se isso não está claro para o funcionário, fique alerta!

As pessoas trabalham com propósito e objetivos e a empresa precisa deixar claro o que se espera de cada profissional. Entra aí a importância de uma boa comunicação entre líderes e liderados e também entre colegas.

3) Cuidado com a saúde mental

A saúde mental das pessoas foi severamente impactada pela pandemia, como já comentamos por aqui. Para trabalhar o engajamento enquanto cuida dos colaboradores, existem várias possibilidades. Como exemplo, incentivar a conexão entre colegas por meio de lives e happy hours online.

Ver que a empresa se importa e age ativamente para cuidar da saúde mental de seus colaboradores é um grande propulsor no índice de engajamento dos profissionais.

4) Comunicação online e centralizada

Complementando o ponto anterior, o cuidado em evitar o bombardeio de informações e a fadiga digital por parte da Comunicação Interna da empresa também é uma boa prática para organizações que querem engajar seus times remotos.

Centralizar a CI contribui para a diminuição de ruídos e a aproximação entre empresa e colaborador, contribuindo diretamente para o engajamento dos profissionais. Afinal de contas, como ficar engajado se você se sente no escuro ou que a informação não chega até você? 

5) Cultura e clima organizacionais

O RH e a Comunicação Interna devem se unir para manter a cultura da empresa – formada por seus valores, missão e visão – viva e presente, seja dentro do escritório ou fora.

Para isso, a CI deve mostrar na prática como essa cultura faz parte do dia a dia do colaborador para que, assim, haja sempre a identificação do profissional com o que a empresa acredita. Quando isso acontece, o engajamento é consequência natural.

Além disso, o clima organizacional tem grande impacto na motivação e engajamento dos funcionários e cuidar para que ele seja sempre positivo e benéfico para o colaborador resulta em profissionais mais engajados, felizes e produtivos.

 

PS: Conheça recursos indispensáveis para times de Comunicação e RH. Com o Dialog você agenda conteúdos, segmenta comunicados em poucos passos, analisa rapidamente os resultados e muito mais. Tudo em um único lugar! Fale com representantes Dialog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top