A atuação da liderança é essencial para o engajamento das ações de CI

por | 07/11/2022 | Alba Consultoria, Comunicação Interna, Parceiros, RH

Cresce gradativamente a convicção de que para que os líderes se mostrem competitivos, protagonistas e competentes ao mercado, eles terão que assumir o papel de porta-vozes tanto da realidade interna e externa quanto de seus desafios. Dessa forma, a liderança terá que chamar para si a missão de criar um ambiente e as condições favoráveis na empresa para o sucesso do negócio.

Usar a Comunicação Interna como instrumento de união, adesão e informação em todos os níveis e contextos, contribuirá para diminuir o medo, a passividade ou a fuga, além de trazer o sentimento de afeto, pois sabemos que só é possível amar aquilo que conhecemos. Nesse sentido, a Comunicação Interna é estratégica.    

Papel e contexto do líder

A realidade organizacional pós-pandemia colocou em evidência a importância do líder e de sua comunicação para o sucesso e perenidade dos negócios. Colocou nesse líder a responsabilidade pela estimulação de razões, metas e significados, gerando motivação, conduzindo o presente e o futuro, dando foco e rumo, além da função de agregar recursos e esforços para obter os resultados desejados.

Seu papel terá que contemplar a geração de confiança, o exercício do poder, a accountability (termo em inglês utilizado para se referir a um conjunto de práticas utilizadas pelos gestores, a fim de prestar contas e se responsabilizar pelas suas ações), a autoridade e as formas como vai desenvolver e otimizar esses aspectos em seus liderados dentro da realidade e cultura da empresa.

A força da comunicação

O fenômeno mais importante para qualquer transformação é a comunicação, que traz implícita a condição de facilitar o saber, o conhecer, o descobrir, o criar, o entender e o analisar para poder decidir. É a comunicação que dará luz a inúmeros temas que compõem a realidade, como: propósito, sucessão, conflitos, governança, mitos, diálogos, certificações, atributos, desafios, realizações, etc., que se conectam à vida, à cultura, às imagens e aos sentimentos de uma empresa, dando a ela a condição de um ser vivo.

A Comunicação Interna

Para gerar engajamento e promover o desenvolvimento das pessoas, os líderes precisam se destacar em alguns pontos. Alguns deles são:

O composto da liderança

No exercício do seu papel, o líder se apoia em dois elementos:

a) Poder: que é relacionado a temas como posição, cargo, papel, atributos, regras e normas, protocolos, funções, responsabilidades e resultados esperados. O poder é válido para todos os níveis da estrutura organizacional, qualquer que seja o modelo. Quanto mais clara e transparente for essa definição, maior será a possibilidade de acordos, compromissos e interações saudáveis.

b) Autoridade: capacidade de perceber contextos, realidades, relacionamentos e necessidades, encarar desafios, aproveitar oportunidades e incentivar motivações. Aptidão para filtrar, fazer julgamento crítico e formular opiniões, exercitando e respeitando as diferenças e buscando negociação, consenso e acordos.

O poder e a autoridade, juntos, são válidos para pessoas, grupos ou organizações que constroem identidades e marcas fortes.

O texto acima foi produzido por um parceiro Dialog, tendo seus direitos reservados. A Dialog não se responsabiliza pelo conteúdo deste artigo, sendo de inteira responsabilidade de seus autores.

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossas novidades
no seu e-mail